Que bom que você veio!

A internet é um lugar incrível. Meio praia, porque reúne todas as tribos, meio coração de mãe, porque "sempre cabe mais um" - mesmo que você não use aquele desodorante da antiga propaganda... E-mail cá, e-maile-eu aqui. Utilizando um meio de comunicação que atinja todas as pessoas... Que quiserem serem atingidas! Acertei?

quarta-feira, 1 de junho de 2016

É outra coisa

Às vezes acho que você sempre soube de tudo.

Às vezes acho que você nunca sabe de nada.

Às vezes acho que você não se importa.

Às vezes acho que você pensa. E lembra.

Sei que você gosta.

Às vezes acho que você (me) espera.

Às vezes acho que você não quer.

Sei que você é vaidade.

Sei que você deseja experimentar.

Às vezes não sei te ouvir sem querer tua boca.

Principalmente na penumbra.

Principalmente quando a sós.

Especialmente quando você me dá seu uísque irlandês. Ou um latão de cerveja.

Tímidos e espalhafatosos.

Seguimos.

Impensadamente juntos.


sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

lirismo

Você dançando no meio da sala.

De braços erguidos ficava ainda mais inalcançável.

- Algo mais forte pra beber?

- Uísque..

- Sim! E sorriso de criança..

Ver seu sono e te cobrir. Madrugada sempre esfria um pouco.

Você dançando no meio da sala..

Sorria, mas você parece triste.

Ou talvez seja a solidão que nos habita.

Volta; você é doce.

domingo, 16 de agosto de 2015

prefixo de negação

Feito moscas zunem nomes:

Hermeto

Mostarda

Comandante.

Silêncios estranhos.

Vitimização ridícula.

Aquela cara linda reticente dizendo: "São Paulo, tão perto.." E uma resposta sem sentido.

Um vazio niilista e a porra do rs estragando o convite "vem pra cá".

E o outro a imagina deitada, sem sutiã, diz ter saudades. E cala.

Assume que você não sabe que(m) quer!

domingo, 2 de agosto de 2015

hipodactilia

Da mensagem, a palavra "conversa" aparece três vezes.

Se o arranhão do gato ainda marca a pele, a decisão ainda machuca.

Orgulho ferido também sangra. E é ele que impede o tal contato.

Será que esse é o mesmo lugar de onde sai a sensação de que novo arrependimento surgirá?

Falta mais do que um dedo de prosa.

Falta amor.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Corsário

Ela fica perguntando-querendo "bem-me-quer".

É aí que não é.

No querer.

Amar é perdição. É sem saída.

Amar não é querência.

É aceitação.

À parte

De uma forma esquizo, ela consegue ver os dois.

Lentamente caminham para uma amizade. Colorida, que seja

Ele, um bebê egocêntrico incapaz de amar.

Ela, uma mulher incrivelmente delicada e insegura, que talvez não consiga aprender a sair do fora.

terça-feira, 16 de junho de 2015

Doido


Ele não sabe daqui.

Sabe pouco dele.

Sabe pouco de si.

Não sabe que o giro do parafuso solto

Fere e sangra o outro

Pedro falou, tá falado!

E ele diz do alto de seus oito anos:

- Mãe, tirando gente, qual a coisa que vc mais gosta? Igual a armário, flor, montanha?

- Pode ser música? - Ela responde perguntando.

- Pode.

- E vc? (Mãe de curioso, curiosa é...)

- Eu gosto de morcego. E de Tecnologia.



- Sexta é dia de brinquedo! - Comunica o atarefado virginiano para sua avó.

- Tem certeza?

- Tenho sim, a professora falou.

- Vc já está na terceira série... Até quando vc vai levar brinquedo?

- Acho que vou levar brinquedo até a faculdade.

E eu desejo que vc queira brincar por toda a vida...

- Mãe, vi um homem tão feio na rua! Ele tava inteiro tatuado nas costas, nas pernas, nos braços e nos dedos das mãos. Fiquei com vontade de cantar pra ele:

"Quando Deus te desenhou, ele tava sem borracha, sem apontador e com o lápis sem ponta..."




Mãe, posso ver o DVD que vc me deu na Páscoa?
Pode. Mas não foi o Coelho que te deu?

- Não. O coelho de Páscoa só dá ovo. Presente dá vc e o Papai Noel no Natal...



E ele lê o recado da agenda pra mãe, muito solícito:

"Trazer para a próxima aula uma foto 3 vezes 4,

recente"...

Ensinado a tocar flauta doce: "Você tem que prestar atenção e colocar os dedos nos edifícios certos..."

Perguntas "básicas": De onde sai a teia da aranha, da laringe? Qual a coisa mais saudável do mundo?



O que realmente importa: (depois de ter retirado o aparelho ortodôntico fixo) "agora sim vc vai poder apertar minha bochecha e eu vou poder comer chiclete!"



Explicando porque não queria brincar com a garotinha: "tenho vergonha de brincar com meninas do sexo oposto"



Mãe, vc é de que signo? Peixes ou Camarões?

Por que os malucos gostam de arte?



- Mãe, por que o Presidente da República é rico?

- Ah, sei lá... Porque ele ganha muito dinheiro...

- E por que ele ganha muito dinheiro se ele não faz nada?

Comentário sobre a matéria do Fantástico, a respeito do sumiço do Belchior: "mãe, olha o Gopal!"



De que adianta lactobacilos vivos, se quando a gente agita o yacult eles morrem todos?



Mãe, explica EXATAMENTE o que é fé.